A maioria dos carboidratos complexos ricos em nutrientes, como as batatas, tem um papel bem-vindo em uma dieta saudável. Infelizmente, o impacto do amido nas batatas pode colocá-las na categoria “mau carboidrato” para algumas pessoas. Enquanto indivíduos saudáveis ​​podem tolerá-los com moderação, os carboidratos nas batatas não são uma boa escolha para quem é diabético ou pré-diabético ou precisa manter seu nível de açúcar no sangue equilibrado.

Carboidratos na batata inglesa

A quantidade total de carboidratos inclui todo o açúcar, amido e fibra encontrados em uma batata. Os carboidratos totais em uma batata de tamanho médio variam de 27 gramas em batatas vermelhas e brancas a 34 gramas em batata doce e 36,5 gramas em batatas avermelhadas. Os adultos devem consumir 130 gramas de carboidratos totais diariamente, então comer uma batata fornece 21 a 28% dos carboidratos do seu dia inteiro.

Carboidrato na batata na forma de amido e açúcar

Batatas de vários tipos compartilham perfis similares de açúcar e amido. Uma batata média tem 2 gramas de açúcar e 23 a 30 gramas de amido. Batata doce tem mais açúcar – 7 gramas – mas aproximadamente a mesma quantidade de amido. Quando eles são digeridos, ambos os carboidratos são divididos em glicose simples. Os amidos geralmente demoram mais para serem digeridos, portanto, na maioria dos carboidratos complexos eles não causam um aumento no nível de açúcar no sangue. Mas o amido nas batatas é mais fácil de quebrar e digerir do que muitos outros amidos.

Carboidratos na batata

A batata inglesa contém carboidratos, e se bem consumida pode fazer bem para a saúde. (Foto: Wikipedia)

Fibra na batata inglesa

Do lado positivo, as batatas são boas fontes de fibra dietética. Uma batata média, branca ou vermelha tem 3 a 4 gramas e uma batata doce tem 5 gramas de fibra. Os homens devem consumir 38 gramas e as mulheres precisam de 25 gramas de fibra por dia. Uma batata média inteira com 4 gramas de fibra fornece 11% da ingestão recomendada de homens e 16% de mulheres. Como a maioria dos vegetais, as batatas contêm os dois tipos de fibras, solúveis e insolúveis. A fibra insolúvel previne a constipação, adicionando volume às fezes. A fibra solúvel ajuda a baixar o colesterol e se torna gelatinosa em seu estômago, o que o enche e ajuda a se sentir mais completo.

Índice glicêmico da batata

O índice glicêmico classifica os carboidratos de acordo com a rapidez com que aumentam o açúcar no sangue. A classificação glicêmica das batatas indica que seu alto teor de amido as torna um carboidrato “ruim”. Qualquer pontuação acima de 70 é alta, indicando que o alimento causa um rápido aumento no nível de açúcar no sangue. Uma batata cozida tem um índice glicêmico de 111. Batata branca cozida tem 82, enquanto batata-doce tem 70. Se você é saudável, pode tolerar alimentos com alto índice glicêmico com moderação, mas é uma má escolha para qualquer um. quem deve manter o açúcar no sangue equilibrado.

Posso consumir a batata inglesa?

Por si só, a batata inglesa não faz mal. O problema está, como sempre, na forma como ela é consumida. Sendo parte de uma dieta bem equilibrada, a batata só tem a contribuir, trazendo diversos nutrientes importantes para sua saúde. Contudo, o consumo excessivo da batata pode prejudicar sua dieta e até resultar no ganho de peso. Consulte um nutricionista e faça uma dieta balanceada para os melhores resultados.

O que vocês acham da batata inglesa? Acham que ela é um carboidrato bom ou ruim?

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)