Jiló é uma fruta tropical, classificada como uma planta herbácea, cujo cultivo é comum em nosso país, especialmente nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais. O sabor do jiló nem sempre agrada a todos, mas seus benefícios devem, pelo menos, atrair sua atenção para cogitar incrementar sua dieta com esse alimento.

Jiló e seus nutrientes

A cada 100 gramas de jiló, você obtém como energia apenas 38 calorias. Essas calorias estão distribuídas em 7 g de carboidratos, 1 g de gorduras, 2,8 g de fibras, 1,37 g de proteínas. A maior parte deste alimento é de água. O jiló é também uma rica fonte das vitaminas A, C, do complexo B, e os minerais fósforo, cálcio, ferro, fibra e potássio.

Quais os benefícios do jiló?

O jiló tem uma série de benefícios para sua dieta, e pode contribuir muito para uma dieta saudável e cheia de nutrientes.

1. Jiló na perda de peso.

Devido ao alto teor de água, alta quantidade de fibras a baixa quantidade de calorias, o jiló pode ajudar a te deixar mais cheio por mais tempo, contribuindo para o controle do seu apetite. Assim, este alimento poderá contribuir para sua dieta de perda de peso, desde que seja combinado com uma dieta equilibrada e a prática de exercícios físicos.

2. Jiló para a visão

O jiló pode contribuir para reduzir a pressão ocular em pacientes que sofrem de glaucoma. Principalmente nos estágios iniciais do problema, o jiló pode ser um grande aliado para aliviar os sintomas e reduzir a chance de danos permanentes.

3. Jiló para a saúde bucal e cardíaca

O jiló estimula a produção de saliva, além de ter uma ação bactericida no organismo, contribuindo para uma boca limpa e uma respiração melhor. Também, como fonte da vitamina B1 (tiamina), a saúde do coração é melhorada. O potássio presente no jiló ainda contribui na regulação da pressão arterial.

Benefícios do jiló para a saúde

Amado por uns, odiado por outros, o jiló proporciona diversos benefícios para sua saúde. (Foto: divulgação)

4.  Jiló e a proteção das artérias

Como fonte de flavonoides, o jiló pode proteger os vasos sanguíneos e artérias do corpo. Isso ocorre porque essas substâncias impedem o acúmulo de colesterol nos vasos, impedindo que placas de gordura se formem e acabem resultando no aumento da pressão arterial ou até resultando em ataques cardíacos e infartos. A aterosclerose também é prevenida quando há menos acúmulo nos vasos sanguíneos, evitando as consequências da doença como dores nos peitos, pernas, falta de ar, fadiga e fraqueza.

5. Jiló contra a anemia e prevenção de doenças

O jiló é fonte de ferro, um mineral essencial para quem sofre da anemia ferropriva, causada pela falta de ferro no organismo. O jiló também contribui na prevenção de problemas de saúde como câncer e constipação, graças às substâncias anti-cancerígenas e às fibras que possui.

6. Jiló no controle de açúcar no sangue

As fibras no jiló contribuem para o controle da glicose no sangue. Junto a isso, o jiló é baixo em carboidratos, tornando-o um alimento ideal para pessoas que estão controlando o açúcar no sangue naturalmente.

Como consumir o jiló?

O jiló pode ser consumido de diversas maneiras. Em Minas Gerais, é frequentemente consumido frito à milanesa, apesar de ser uma forma menos saudável de consumo. Fritá-lo sem óleo em uma air fryer pode ser ideal para obter a crocância sem a necessidade do uso de óleo. Um forno também pode ser usado para a mesma finalidade. Outra forma muito usada do jiló é cozido, à vapor ou na água, como parte de molhos ou até ensopados.

Como vocês consomem o jiló na dieta? Quais receitas mais gostam com jiló?

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)