Os benefícios mais poderosos para a saúde das beterrabas incluem sua capacidade de reduzir a pressão sanguínea, melhorar a digestão, aumentar o desempenho atlético e prevenir o câncer. Também ajudam a aliviar a degeneração macular, melhoram a circulação sanguínea, auxiliam no cuidado da pele, previnem a catarata, aumentam a imunidade e aliviam os problemas respiratórios. Esses benefícios da beterraba podem ser atribuídos à sua riqueza em nutrientes, vitaminas e minerais.

O que é a beterraba?

Beterrabas ou beterrabas, como são frequentemente chamadas, pertencem à família Chenopodiaceae. As beterrabas são uma das variedades da espécie Beta vulgaris. Eles são freqüentemente adicionados como um ingrediente para saladas, sopas e picles e também são usados ​​como um agente corante natural. Apesar de estarem disponíveis durante todo o ano e poderem ser consumidos todos os dias, ainda são considerados vegetais sazonais.

Os amantes de beterraba pensam no sabor como terrestre; no entanto, existem várias pessoas que evitam esses vegetais de raiz, pois acham que a beterraba tem gosto de sujeira. A beterraba é uma valiosa fonte de sacarose, o que a torna um substituto viável para a cana-de-açúcar tropical. Eles são freqüentemente usados ​​para fazer açúcar refinado.

A história da beterraba remonta a tempos antigos, e os primeiros sinais de seu cultivo foram há aproximadamente 4.000 anos na região do Mediterrâneo. Eles têm sido associados à sexualidade há muito tempo e são conhecidos e usados ​​como afrodisíaco há milhares de anos.

Beterraba é baixa em calorias, com 1 xícara (136g) de beterraba crua contendo apenas 58 calorias. No entanto, a beterraba tem o maior teor de açúcar de todos os vegetais e é relativamente rica em carboidratos.

Informações nutricionais da beterraba

As beterrabas são vegetais altamente nutritivos que são uma ótima fonte de vitaminas e minerais, como potássio, sódio, ferro, folato, fósforo, magnésio, cálcio, vitamina C e vitaminas B, como a tiamina e niacina. e riboflavina. Rica em antioxidantes, a beterraba obtém sua cor profunda do pigmento betalaína, que possui propriedades anti-inflamatórias potentes. Eles também são abundantes em compostos fitoquímicos, como antocianinas, carotenoides, luteína / zeaxantina, glicina e betaína. Eles são uma ótima fonte de fibra dietética e são pobres em gordura, colesterol e calorias.

Consumo da beterraba

A beterraba contém diversos benefícios para a saúde, desde que seja consumida em uma dieta balanceada. (Foto: picswe.com)

Benefícios da beterraba para a pressão arterial

Beterraba é abundante em nitratos na dieta, que são convertidos em óxido nítrico no corpo. O óxido nítrico ajuda a relaxar e dilatar os vasos sanguíneos, diminuindo assim a pressão arterial e prevenindo a hipertensão. Um copo diário de suco de beterraba pode reduzir a pressão arterial em pessoas com hipertensão – mesmo aqueles cuja pressão alta não foi controlada pelo tratamento medicamentoso.

Beterraba para resistência e vigor

O consumo de beterraba integral rica em nitrato melhora o desempenho da corrida em adultos saudáveis. As pessoas que bebem suco de beterraba aumentam sua absorção de oxigênio em até 16%. Isso é mais do que uma pessoa normal pode melhorar, mesmo quando treina bastante! O suco de beterraba mostrou melhorar o desempenho atlético em corredores, nadadores e ciclistas, tornando-se uma bebida esportiva interessante que a maioria das pessoas nunca consideraria.

Beterraba para melhor digestão e saúde do cérebro

Na Idade Média, as beterrabas eram usadas como remédio para distúrbios digestivos, incluindo a constipação. A fibra e os antioxidantes presentes na beterraba ajudam a expulsar o corpo de substâncias tóxicas, mantendo a saúde digestiva em um nível ideal.

A beterraba melhora a neuroplasticidade cerebral devido aos nitratos presentes neles. Esses nitratos ajudam a aumentar a oxigenação do córtex somatomotor, uma área do cérebro que é freqüentemente afetada nos estágios iniciais da demência. À medida que as pessoas envelhecem, o fluxo sanguíneo para o cérebro diminui, o que muitas vezes leva à diminuição da cognição. Comer beterraba pode retardar ou impedir este processo. O suco de beterraba, em combinação com o exercício em adultos mais velhos, pode ter um impacto mais positivo.

Potencial anticancerígeno da beterraba

A beterraba pode ser boa na prevenção de câncer de pele, pulmão e cólon. Eles contêm as betacianinas do pigmento, que neutralizam o crescimento das células cancerígenas. Nitratos usados ​​em carnes como conservantes podem estimular a produção de compostos nitrosamínicos no corpo, o que também pode resultar em câncer. Estudos recentes mostraram que o suco de beterraba inibe as mutações celulares causadas por esses compostos. Além disso, o beta-caroteno natural da beterraba pode ajudar a prevenir o câncer de pulmão, o que pode ser maximizado com o consumo de alimentos cheios de nutrientes, tal como o espinafre.

Beterraba para a perda de peso

Embalado com nutrientes e fibras, beterrabas são um excelente complemento para uma dieta de perda de peso. O magnésio e o potássio na beterraba ajudam a desintoxicar o corpo e a eliminar o excesso de água, prevenindo o inchaço. Esses nutrientes ajudam a otimizar o metabolismo e a perder o excesso de peso. Suco de beterraba é frequentemente prescrito em dietas desintoxicantes.

Beterraba para a anemia e para o fígado

As beterrabas vermelhas têm uma quantidade significativa de ferro, o que ajuda a prevenir a anemia e estimula a regeneração dos glóbulos vermelhos. Além disso, a vitamina C na beterraba ajuda a aumentar a absorção de ferro.

As betaínas, na beterraba, estimulam as funções do fígado e mantêm a saúde, de acordo com um estudo com animais. Além disso, a pectina, uma fibra solúvel em água nessas raízes, ajuda a eliminar as toxinas do fígado. Eles são um dos superalimentos que têm a capacidade de reverter o fígado gorduroso.

Melhore a saúde do coração

A betaína, presente na beterraba, é um poderoso composto bioativo que ajuda a diminuir os níveis de homocisteína no organismo. Altos níveis de homocisteína podem causar problemas cardiovasculares, como ataques cardíacos e derrames. Betalaínas ajudam ainda mais a inibir a inflamação crônica quando se trata de doença cardíaca.

A fibra na beterraba ajuda a reduzir o colesterol e triglicerídeos, aumentando o nível de bom colesterol HDL. A fibra também funciona para eliminar o excesso de colesterol LDL (mau) do corpo rapidamente. Assim, o consumo de beterraba ajuda a prevenir doenças cardiovasculares, como a aterosclerose, de várias maneiras.

Níveis de energia aumentados

Beterraba contém uma quantidade significativa de carboidratos que fornecem energia para atividades esportivas prolongadas. Os carboidratos são os blocos naturais do metabolismo energético, e a beterraba os fornece sem nenhum dos efeitos colaterais negativos de muitos outros alimentos pesados ​​de carboidratos. Níveis ideais de carboidratos garantem o funcionamento máximo de todas as reações metabólicas importantes que mantêm os órgãos funcionando eficientemente.

Beterraba como afrodisíaco

A beterraba é considerada um afrodisíaco ou estimulante sexual há milênios. Parte disso decorre do fato de que as beterrabas contêm níveis significativos de boro mineral que ajuda a aumentar a produção de hormônios sexuais. Isso pode levar a um aumento da libido, aumento da fertilidade, melhora da motilidade dos espermatozoides. Sua vida sexual pode obter um impulso legítimo e testado pelo tempo na direção certa, adicionando beterrabas à sua dieta.

Reduzir defeitos congênitos e respiratórios com a beterraba

A beterraba é boa para mulheres grávidas, uma vez que é uma fonte de folato de vitamina B, que ajuda no desenvolvimento da coluna vertebral de uma criança. A deficiência de folato pode levar a vários defeitos congênitos, como defeitos do tubo neural.

A beterraba é uma fonte de vitamina C que pode ajudar a prevenir os sintomas da asma. Além de defender contra os efeitos dos radicais livres no corpo, a vitamina também estimula a atividade dos glóbulos brancos, que são a principal linha de defesa do corpo contra corpos estranhos, bem como toxinas virais, bacterianas, fúngicas e protozoárias. Isso pode resultar em uma infinidade de infecções e doenças.

Beterraba para melhorar a imunidade

A beterraba é extremamente densa em nutrientes, o que ajuda a aumentar os níveis de imunidade no corpo e é conhecido por combater a febre e os resfriados. A vitamina C, o complexo B e os poderosos antioxidantes desses vegetais de raiz ajudam a prevenir a fadiga, aliviam dores e dores menores e reduzem a inflamação.

Beterraba contra a degeneração macular

O beta-caroteno presente na beterraba ajuda a reduzir ou retardar a degeneração macular nos olhos. A degeneração macular é frequentemente associada a um aumento dos radicais livres, que afetam drasticamente o processo de envelhecimento precoce de muitas pessoas. O beta-caroteno é uma poderosa forma de vitamina A, que tem propriedades antioxidantes e defende os olhos contra os efeitos nocivos dos radicais livres.

Previna cataratas, fragilidade capilar e AVCs

A presença de beta-caroteno, que é uma forma de vitamina A, na beterraba ajuda a prevenir a cegueira relacionada à idade, a temida catarata. Os flavonoides e a vitamina C na beterraba ajudam a sustentar a estrutura dos capilares, que são os menores vasos sanguíneos do corpo. Para idosos, isso pode ser essencial.

Beterraba rica em potássio ajuda a reduzir o risco de derrame e outros problemas cardíacos. O potássio é um vasodilatador, o que significa que relaxa os vasos sanguíneos e reduz a pressão arterial em todo o corpo. Portanto, uma ingestão adequada de potássio – e alimentos contendo beterrabas semelhantes a potássio é recomendada como alimento para melhorar a saúde do coração.

Fonte elevada de fibras, nutrientes para os ossos e antioxidantes

Comer uma dieta rica em alimentos ricos em fibras, como a beterraba, ajuda a prevenir doenças crônicas. Eles contêm fibras solúveis e insolúveis. Enquanto fibra solúvel ajuda a reduzir o colesterol, a fibra insolúvel ajuda na prevenção da constipação.

Os minerais da beterraba, como o boro, o cobre e o magnésio, ajudam os ossos a desenvolverem-se normalmente e aumentam o metabolismo ósseo. Estas raízes também contêm potássio, que conserva o cálcio dentro do corpo e reduz a perda de cálcio através da urina.

Com alto teor de folato, as beterrabas ajudam no funcionamento ideal e no reparo das células. Isso ajuda a prevenir o envelhecimento prematuro. Abundante em antioxidantes e vitamina C, a beterraba é um caminho natural para garantir o brilho da sua pele!

Como comer a beterraba?

A beterraba pode ser consumida de várias maneiras, mas antes de consumi-las é preciso remover a pele fina. Aqui estão algumas maneiras de usar beterraba em sua dieta diária:

Saladas e sopas: As beterrabas podem ser fatiadas e adicionadas a uma salada, ou também podem ser simplesmente comidas cruas. Retire a pele fina, fatie e tempere a beterraba com sal, pimenta e suco de limão, e um lanche saudável estará pronto. Outra maneira de comê-las é usando-as para fazer sopas.

Beterraba assada ou cozida no vapor: Você pode assar beterrabas inteiras ou fatiadas. Você também pode adicioná-los à sua mistura de vegetais torrados. A outra maneira de cozinhar beterraba é cozinhá-los. Quarte as beterrabas com casca e cozinhe por 15 minutos.

Beterraba em conserva: Você pode facilmente fazer beterraba em conserva em casa usando vinagre, e eles também estão disponíveis em supermercados. Beterraba em conserva é pobre em gordura e é uma rica fonte de fibra alimentar, carboidratos e minerais.

Suco de beterraba: Você pode facilmente fazer suco de beterraba, colocando-os no liquidificador.

Beterraba: As verduras são usadas para fazer um acompanhamento ou em saladas. Estas folhas são embaladas com nutrientes importantes, como potássio, cobre, magnésio e vitamina A, K e C. Eles também ajudam a reduzir o risco de doenças crônicas, como diabetes tipo 2 e derrame.

Sobremesas: As beterrabas são usadas comumente em bolos de chocolate veganos, pois combinam bem com o chocolate e ajudam a dar a esses pratos à base de plantas um sabor mais profundo.

Efeitos colaterais da beterraba

Beterraba, se consumida em excesso, pode causar os seguintes problemas:

Urina: Elas podem fazer com que sua urina fique rosa. Enquanto isso não é um problema de saúde, é importante observar a urina rosa de beterraba como uma indicação de que você pode ser deficiente em ferro.

Pedras nos rins: A beterraba contém oxalatos, que quando consumidos em excesso podem causar pedras nos rins e na bexiga.

Alergia: Algumas pessoas desenvolvem erupções cutâneas, urticária, coceira ou mesmo calafrios quando comem beterraba.

Fezes coloridas: A beterraba pode fazer com que as fezes pareçam rosa ou vermelhas devido aos seus pigmentos naturais. Isso é inofensivo, mas se continuar por alguns dias, você pode querer evitar a beterraba para se manter seguro.

Pressão arterial baixa: Devido à sua capacidade de reduzir a pressão arterial, as pessoas que tomam medicamentos para a pressão arterial devem ter cautela ao comer beterraba para evitar complicações de saúde.

Aumento de açúcar no sangue: A beterraba é rica em açúcar e também moderadamente alta na lista de índice glicêmico. Excesso de ingestão pode causar um aumento repentino nos níveis de açúcar no sangue. Fale com seu médico sobre consumi-los se for diabético.

Gravidez: As mulheres grávidas devem evitar o consumo excessivo de beterraba devido aos altos níveis de nitratos, pois podem ser sensíveis a ela.

Flatulência: comer muita beterraba pode causar indigestão, dores de estômago, fezes soltas e flatulência devido ao alto teor de fibras.

Gota: Eles são ricos em oxalatos que podem acumular ácido úrico no corpo, levando a gota.

Dúvidas? Deixem nos comentários suas perguntas e iremos ajudar!

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)