O gengibre é uma especiaria antiga com poderosas propriedades anti-inflamatórias. Os principais benefícios de saúde do gengibre incluem sua capacidade de ajudar com artrite e osteoartrite, aliviar a náusea e a dor, prevenir o câncer, melhorar as condições respiratórias e reduzir a flatulência. Também ajuda a melhorar a saúde dos ossos, fortalece o sistema imunológico e aumenta o apetite.

Esta raiz apimentada também é boa para melhorar a atividade sexual, atenuar a obesidade e aliviar a dor relacionada aos distúrbios menstruais.

O que é gengibre?

O gengibre, também conhecido como Zingiber officinale, é uma planta com flor, cuja raiz ou rizoma é usado como tempero. Ela pode ser consumida em muitas formas, frescas, secas, em pó e na forma de óleo e suco. Em muitos lugares, é usado principalmente em doces e bebidas alcoólicas, como cerveja de gengibre e vinho. Hoje, o gengibre é usado frequentemente para mascarar o sabor de remédios amargos, como xaropes para tosse.

Gengibre e seus nutrientes

A maioria dos benefícios derivados do gengibre é devido à presença de um constituinte ativo chamado gingerol. Também é rico em carboidratos, fibra alimentar e proteína. Em termos de minerais, tem sódio, ferro, potássio, magnésio, fósforo e zinco. As vitaminas incluem vitamina C, ácido fólico, vitamina B6, riboflavina e niacina.

Existem muitos compostos anti-inflamatórios e antioxidantes como ácido pantotênico, beta-caroteno, capsaicina, curcumina, ácido cafeico e salicilato. Além disso, a presença de compostos ativos fornecem muitos benefícios para a saúde.

Os benefícios do gengibre para a saúde

Os vários benefícios para a saúde desta incrível raiz são dados abaixo:

Alivia a náusea

O gengibre ajuda na cura de náuseas e vômitos relacionados com o enjoo matinal na gravidez. Ele tem sido usado como medida preventiva para enjoo. Pacientes com câncer que foram submetidos à quimioterapia podem se beneficiar desta raiz, pois aliviará os sintomas de náusea e vômito. Sua rápida absorção e rápida regulação das funções corporais curam a náusea em pessoas que passaram por cirurgias, sem nenhum efeito colateral. Náuseas e vômitos, sendo sintomas de uma enxaqueca, podem irritar as pessoas. Ao curar ambos, o gengibre pode efetivamente tratar a enxaqueca e as dores de cabeça que a acompanham.

Trata o resfriado e a gripe

Gengibre foi prescrito para combater doenças e infecções como gripes e resfriados em todas as idades. Ele pode ser usado na forma de chá para manter o corpo aquecido. O chá induz a transpiração, que remove toxinas do corpo e faz você saudável como antes.

Ajuda na digestão

O gengibre foi descoberto para ser um facilitador do processo digestivo. Os níveis elevados de açúcar após uma refeição podem fazer com que o estômago reduza sua taxa natural de esvaziar seu conteúdo. Ajuda na regulação dos altos níveis de açúcar e acalma o estômago, mantendo assim seu ritmo regular. Junto com isso, tem vários compostos que melhoram a absorção de nutrientes e minerais dos alimentos que ingerimos. É por isso que o gengibre é frequentemente usado como aperitivo ou como tempero, pois pode estimular o apetite enquanto prepara o sistema digestivo para um influxo de alimentos.

Consumo do gengibre na dieta

Consumir o gengibre pode trazer uma série de benefícios para sua saúde. (Foto: The Jakarta Post)

Remove o excesso de gases

O gengibre é um carminativo muito forte, o que significa que elimina o excesso de eliminação de gases. Excesso de gases faz muito mais do que deixá-lo em uma situação desconfortável. Muito gás acumulado no seu sistema pode subir e pressionar os órgãos delicados do tronco. Mastigar um pedaço pequeno pode ajudar a forçar o gás a sair de forma saudável e também evitar que o gás adicional se acumule novamente.

Úlceras estomacais

Consumir gengibre regularmente pode ajudar a melhorar a saúde intestinal. Previne a ocorrência de úlceras, geralmente caracterizadas por sangramento e irritabilidade gástrica aguda. Além disso, também inibe o crescimento da bactéria H. pylori, que é uma das principais ulcerogênicas, mantendo assim seu estômago saudável. A colite ulcerativa e a doença de Crohn podem causar estragos no corpo e deixá-lo inquieto para sempre. Propriedades anti-inflamatórias de ajuda de gengibre no tratamento dessas questões.

Reduz a dor da artrite

O gengibre é conhecido por aumentar a saúde dos ossos e aliviar a dor nas articulações associada à artrite. Ele contém gingerol, que possui poderosas propriedades anti-inflamatórias. Gingerol foi diretamente associado a melhorias na osteoartrite, inflamação do joelho e artrite reumatoide, e também suprime os compostos inflamatórios como citocinas e quimiocinas na fonte antes que eles comecem a afetar o corpo.

Alivia asma

Gengibre tem sido usado tradicionalmente como um medicamento para tratar distúrbios respiratórios. Estudos recentes sobre ele também secundaram sua propriedade anti-inflamatória. A zerumbona, um composto ativo, ajuda a aliviar a asma. Pesquisas mostram que a inflamação alérgica das vias aéreas é majoritariamente causada pela dominância de Th2 e a raiz apimentada é capaz de suprimi-la com sucesso.

Proteção do fígado

Pessoas que sofrem de tuberculose podem se beneficiar do gengibre, pois ajuda a prevenir hepatotoxicidade. Ele também protege contra o envenenamento por cádmio prejudicial ao fígado causado pela ingestão significativa de cádmio. Seu óleo essencial exerce um efeito protetor contra a doença hepática gordurosa não alcoólica que ocorre devido à obesidade.

Previne a obesidade

O gengibre pode ajudar a acelerar a perda de peso e a controlar a obesidade, ajudando a impulsionar o seu metabolismo. Aumenta a capacidade de resistência do exercício para que você trabalhe bem e volte à forma para se encaixar naquele traje que você estava tão empolgado para vestir.

Previne o câncer

Os compostos orgânicos como gingerol, no gengibre ajudam na prevenção do câncer de mama e muitos outros tipos de câncer.  Eles têm propriedades anti-inflamatórias que ajudam a prevenir a atividade carcinogênica no cólon que pode levar ao câncer colorretal. O gingerol leva à apoptose em células de câncer de ovário, reduzindo tumores e o crescimento de células cancerígenas, sem prejudicar as células saudáveis ​​ao redor deles. Gingerol também é conhecido por proteger contra o câncer de pele. A zerumbona, em gengibre, está positivamente ligada à prevenção do câncer gástrico, ovariano e pancreático, pois funciona como uma droga antiangiogênica e antitumoral.

Melhora a cognição

O gengibre é conhecido por retardar o aparecimento de doenças neurodegenerativas, como demência, Parkinson e Alzheimer, reduzindo o estresse oxidativo e a inflamação. Esses fatores prejudiciais também devem ser responsabilizados pelo declínio cognitivo relacionado à idade. Portanto, a raiz, com seus poderosos nutrientes, atenua o risco de dano cerebral e mantém sua memória intacta.

Alivia a dor muscular

O gengibre é bem conhecido por reduzir a dor muscular e a dor causada pelo exercício. As propriedades anti-inflamatórias dessa raiz devem ser creditadas para esse benefício.

Previne cólicas menstruais

Gengibre ajuda a reduzir os níveis de prostaglandinas no corpo, portanto, ajuda no alívio de cólicas. Os cientistas acreditam que altos níveis de prostaglandinas contribuem para o aumento das cólicas menstruais. Estas são a maneira do corpo de alarmar um indivíduo para algum tipo de perigo ou dano. Neste caso, as prostaglandinas, que são hormônios que funcionam como mensageiros químicos, são os principais ativadores de sintomas como cólicas, dores e febres.

Melhora a saúde do coração

Gengibre protege a saúde cardiovascular, diminuindo os níveis de colesterol LDL e aumentando os níveis de colesterol HDL. Também reduz o risco de coagulação do sangue, ajudando a regular a hipertensão e mantendo o coração saudável.

Controle da diabetes

O gengibre ajuda a regular os níveis de açúcar no sangue em pessoas que sofrem de diabetes tipo 2. Anormalidades glicêmicas e lipídicas levam a complicações em longo prazo em diabéticos. Portanto, para melhorar sua resistência à insulina e controlar o diabetes, considere adicionar essa raiz à sua dieta.

Desintoxica o corpo

O gengibre é bom em promover a transpiração. Suando limpa os poros e permite que seu corpo elimine as toxinas. A pesquisa também mostrou que o suor inclui um composto de combate a germes. Tem sido positivamente ligado à redução de infecções bacterianas e virais, pois pode criar um brilho na pele, que é uma camada protetora de proteínas anteriormente desconhecidas.

Previne a infecção

O gengibre é conhecido por inibir infecções bacterianas, virais e fúngicas, devido à presença de gingerol na mesma. Também ajuda a manter a saúde bucal matando os patógenos na boca e mantendo os dentes e gengivas intactos. Suas propriedades antibacterianas ajudam a afastar as bactérias patogênicas que causam infecção do trato urinário (ITU), bronquite e pneumonia.

Trata a diarreia

O gengibre tem sido usado desde a antiguidade para curar a diarreia, uma vez que previne espasmos estomacais e gases que contribuem para estimulá-lo. Na China, a forma em pó é dada para aqueles com diarreia e esta prática tradicional é seguida por milhares de anos; os cientistas concluíram que esses tratamentos antigos são realmente benéficos para essa condição.

Cuidados com a pele

O gengibre pode ajudar a aliviar os sintomas do eczema, devido às suas propriedades anti-inflamatórias.Ao adicionar chá de gengibre ou suco à sua dieta, você pode facilmente dizer adeus a muitas condições crônicas da pele, como dermatite, acne e psoríase.

Aumenta a atividade sexual

Um afrodisíaco conhecido, o gengibre tem sido usado há anos para despertar o desejo e aumentar a atividade sexual. Seu perfume tem um fascínio único que ajuda a aumentar a fertilidade e estabelecer uma conexão sexual. Esta raiz também ajuda a aumentar a circulação sanguínea, portanto, o sangue flui mais facilmente para o meio do corpo, uma área importante para o desempenho sexual.

Usos do gengibre

Raiz de gengibre cru fresco é um ingrediente básico na culinária asiática e é usado em sopas, arroz, macarrão e guisados.

Gengibre em conserva é oferecido com sushi como um limpador de paladar.

No mundo todo, também é usado para dar sabor a bebidas como chá, cafés especiais, limonadas, coquetéis e até smoothies.

Biscoitos de gengibre, gengibre cristalizado e o boneco de gengibre são ótimos como petiscos.

Você pode fazer seu próprio chá de gengibre ao molhar o gengibre ralado em água fervida. É uma cura natural para dores de garganta, tosses e resfriados.

Suco de gengibre e goma de gengibre são outros remédios caseiros, muitas vezes dados para aliviar náuseas e problemas digestivos.

Gengibre é frequentemente usado em produtos fitoterápicos, como sabonetes, xampus, óleos de massagem e perfumes.

Suplementos de gengibre estão disponíveis na maioria das farmácias sob a forma de:

  • Raiz de gengibre seca
  • Cápsulas
  • Extratos
  • Xaropes
  • Forma de pó
  • Óleos essenciais

Como comprar e armazenar gengibre?

Selecione uma raiz livre de rugas ou com rugas mínimas e pele esticada. Certifique-se de que a pele não esteja grossa e machucada. A melhor maneira de verificar é raspando com a unha. O aroma da raiz fresca é apimentado, forte e forte, então inspire a fragrância e aproveite as compras!

Pode ser armazenado em um saco plástico na geladeira. No entanto, você deve descascá-lo, cortá-lo ou ralar apenas antes de usá-lo. Se você quiser armazenar uma parte cortada da raiz, seque-a primeiro para que ela não apodreça.

Efeitos colaterais do gengibre

Os efeitos colaterais comumente observados do gengibre são os seguintes:

Diarreia

Azia

Virada de estômago

Urticária

Inchaço

Problemas respiratórios

Riscos

Pode piorar o refluxo ácido em algumas pessoas.

Pode aumentar a produção de bílis, o que pode fazer com que a pedra crie um bloqueio no fluxo biliar. Converse com seu médico antes de usá-lo.

Pode afetar drasticamente os níveis de insulina e açúcar no sangue, por isso fale com o seu médico antes de adicioná-lo à sua dieta.

Não deve ser ingerido com remédios que sugam o sangue ou aspirina, pois pode afetar os coágulos sanguíneos.

A ingestão de gengibre foi ligada a um aborto espontâneo. Embora seja geralmente considerado seguro, consulte o seu médico antes de fazer qualquer alteração na sua dieta.

História e origens do gengibre

O gengibre não apenas é conhecido como essência e especiaria, mas também é conhecido por ser um dos remédios mais antigos em tratamentos tradicionais ervais e aromáticos, especialmente na China, na Índia e no Oriente Médio. Na China, ele é usado há mais de 2.000 anos para curar inflamações e diarreia. Nativo das florestas tropicais Indo-Malasianas, o gengibre favorece os solos tropicais úmidos e tropicais para o cultivo.

Seu cultivo pode ter começado no sul da Ásia, mas agora se espalhou para a África Oriental e o Caribe também. A planta perene cresce flores vermelhas brilhantes que vêm em diferentes formas, como tocha e favo de mel e são frequentemente utilizados em festivais sazonais no Pacífico Sul para a decoração de barracas, casas e até mesmo vestidos.

Você usa o gengibre na dieta? Como usa essa raiz?

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)